quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Salvando perfil com o aplicativo Transferência Fácil do Windows

Primeiro artigo no CooperaTI: "Salvando perfil com o aplicativo Transferência Fácil do Windows"

Veja como salvar seu perfil completo e transferir o mesmo para um novo sistema operacional ou outra estação.

http://www.cooperati.com.br/2014/01/29/salvando-perfil-com-o-aplicativo-transferencia-facil-do-windows/

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Você conhece o serviço DFS e ABE? não?


Olá,

Buscando responder mais uma dúvida de um usuário, acerca de dois serviços: o DFS e o ABE.

DFS: Trata-se de uma implementação distribuída do modelo clássico de time-sharing de sistemas de arquivos, onde múltiplos usuários compartilham arquivos e recursos. ODistributed File System Namespaces é uma das funções do Distributed File System que permite que sejam agrupados os diretórios compartilhados localizados em diferentes servidores, possibilitando que estes sejam apresentados como uma árvore virtual de diretórios.
Os usuários podem navegar pelos “namespaces virtuais” sem a necessidade de um controle sobre os nomes dos servidores físicos ou diretórios compartilhados que armazenam os dados.
Em uma rede que possui configurado o acesso a diretórios compartilhados através doDistributed File System Namespaces, podemos reduzir as unidades de rede mapeadas (descrito no item anterior) de 4 ou mais para somente uma.
O próximo item terá como objetivo as etapas necessárias para a instalação e configuração do Distributed File System Namespaces.

ABE: Imagine a possibilidade de “ocultar” diretórios ou arquivos aos quais os usuários não possuem permissões de acesso.
Até pouco tempo atrás este tipo de configuração era impossível, os usuários mesmo sem ter acesso aos diretórios podiam visualizá-los e se tentassem verificar seu conteúdo receberiam a mensagem de "Acesso Negado".
Bem, isso ocorria ate pouco tempo atrás, pois é exatamente isso que o ABE faz, impede que os usuários visualizem os diretórios aos quais ele não tem permissão de acesso.
Quando você acessa um diretório compartilhado em um servidor, é como se você solicitasse ao Windows Server "Por favor enumere os arquivos contidos neste diretório". O Windows Server irá executar a enumeração de todos os arquivos contidos naquele diretório compartilhado. Como resposta o Windows Server irá permitir que seja visualizado todo conteúdo existente no diretório compartilhado.

Agora, imagine integrar os dois...era o que o usuário desejava...

Então, buscando uma solução completa para o problema, me deparei com um artigo bem completo sobre o assunto, e que trata justamente a integração destes dois serviços...assim, vou aproveitar e postar o link do mesmo, para sua leitura:


Até mais,

Edinaldo Oliveira